biosphera21

               voltar ao início

na natureza e no tempo (no mundo)
paisagens partilhadas+ensino
estudos das Escrituras
labirintos da alma
na espiral
sobre








   
Instituto da Paisagem


retornar ao menu da seção





Desenho: Bactris hirta Mart. [as Bactris unaensis Barb. Rodr.]. Barbosa Rodrigues, J..Sertum palmarum brasiliensium, vol. 2: t. 17 (1903).




EIXOS PROPOSITIVOS DO INSTITUTO DA PAISAGEM


Os eixos propositivos do Instituto da Paisagem são comuns ao projeto Biosphera21. O Instituto da Paisagem é, antes de mais nada, uma ideia e um projeto cultural e socioambiental, voltado para valores éticos e sensíveis do desenvolvimento humano. Decorre de um percurso profissional de quatro décadas, resultando na proposta de institucionalização atual a partir da integração em um único projeto de trẽs projetos: a Espiral da Sensibilidade e do Conhecimento, A Natureza e o Tempo (o Mundo) e Biosphera21 com atenção a estudos em história da cultura e produção de con hecimento e ações socioambientais a partir da conceituação das paisagens como experiências partilhadas e construção socioambiental do território.



I. promoção da ética, da paz, da cidadania, dos direitos humanos, da democracia, justiça e equidade social, da tolerância e do respeito e de outros valores públicos e coletivos;

II. promoção de processos de planejamento, recuperação e conservação da paisagem, do ambiente e do patrimônio cultural, da gestão compartilhada de recursos e da aprendizagem e participação social;

III. promoção do resgate e valorização da memória e da compreensão histórica dos processos de transformação da paisagem e do patrimônio coletivo que abriga;

IV. promoção do desenvolvimento humano, econômico e social, do acesso à educação e pesquisa, da compreensão dos processos históricos e das configurações contemporâneas e dos processos socioambientais;

V. promoção do conhecimento das Escrituras, do estudo crítico da história da igreja, da prática do amor cristão, na busca por Deus e na fruição sensível da criação que nos confiou e na qual existimos.

VI. promoção de ações e programas que reverberem para camadas de baixa e média renda, em atividades de ensino e na formação de novos pesquisadores e educadores e para geração de renda, que contribuam para o combate à pobreza e a capacitação e locação de quadros profissionais, agentes sociais, agentes multiplicadores e para a constituição e aprimoramento de organizações, comprometidos com esses valores, com a ação social e o desenvolvimento de políticas pũblicas;

VII. promoção de intercâmbio entre profissionais, entidades de pesquisa, organizações civis, universidades, instituições públicas e outras, bem como publicação e edição em quaisquer mídias de material técnico-científico, cultural, artístico e de apoio educacional ou de difusão, convergentes a essas finalidades.




Aprender entre outros, uns com os outros, para gerar ideias de ações melhores para o Século 21.



Animação de Euler Sandeville, provável 2001


O mundo que ajudarmos a construir, sabendo disso ou não, é aquele em que viveremos.
O mundo não será diferente das atitudes que tomamos.





^ retornar ao início da página


espiral da sensibilidade e do conhecimento
uma proposta de Euler Sandeville Jr.







contato ↑
licença ↑